Blog

Einstein e o Centenário da Relatividade

Data de publicação: 03 de set

Categoria: Bits & Bytes de Ciência

Categoria: Blog

Quando se fala em ciências e seus cientistas um dos nomes mais lembrados é o de Albert Einstein. Há mais de 100 anos as idéias de Einstein revolucionaram os estudos da Física, e consequentemente, mudou radicalmente a maneira dos cientistas encararem o nosso Universo.
Einstein nasceu em 14 de março de 1879 em Ulm na Alemanha e em 1905 quando trabalhava em um Departamento de patentes em Berna publicou em uma revista alemã Annalen der Physik – Anais da Física um interessante artigo que tratava sobre a eletrodinâmica dos corpos em movimento. Neste primeiro artigo cujo titulo é: “Úber einen die Erzeugung und Umwandlung dês Lichtes betreffendeu heuristischen Standpunkt” que em português significa “Sobre um ponto de vista heurístico concernente a geração e transformação da luz”, o jovem Einstein formulava a Lei do Efeito fotoelétrico usando a constante de Planck e definindo o quantum (pedaço) de energia da partícula associada a luz, o fóton. Logo após, naquele mesmo ano, o jovem Einstein publicou na mesma revista outros quatro artigos que viriam a ser a base da teoria da Relatividade. Entre os que chamaram mais a atenção foi o artigo intitulado: “Ist die Trägheit eines Körpers von seinen Energieinhalt abhängig?” ou, “A Inércia de um Corpo Depende da Sua Energia?” onde Einstein propunha a tão conhecida equação: E=mc2 .
O início da vida acadêmica do grande cientista não foi nada fácil, pois estes novos artigos do jovem Einstein traziam uma serie de problemas quanto a sua credibilidade. Inicialmente o autor não era um cientista, mas um simples funcionário do serviço de patentes. Depois tinha o fato de que seus artigos não traziam referencias, portanto não era citada uma lista de outros textos científicos aos quais as idéias ali contidas tinham se baseadas. E, por último, os cientistas não estavam preparados para receberem aquelas idéias inovadoras e muitos não entenderam. Acrescenta-se ainda o fato de que as idéias ali contidas naqueles trabalhos eram tão avançadas que não poderiam ser comprovadas em laboratório.
Apesar de todos estes problemas, graças a um dos editores da revista, o já prestigiado cientista Max Planck, as propostas dos trabalhos de Einstein começaram a ser notados nos meios científicos. Percebendo o toque de gênio nos textos, Planck divulgou nos meios científicos as estranhas idéias contidas naqueles escritos que traziam afirmações inéditas sobre questões essenciais da Física.
Planck estava certo, pois as inovadoras idéias de Einstein derrubaram o pilar básico da física determinística de Newton e ofereceu novos elementos para que a Física e diversos ramos da ciência revisassem seus conceitos.
Foi dos trabalhos sobre a Relatividade de Einstein que se originou a Mecânica Quântica, o que permitiu novos enfoques sobre as pesquisas que tratam de Matéria, Energia, Tempo e Espaço, e assim, foi alterado para sempre o entendimento sobre o nosso misterioso e surpreendente Universo.